quinta-feira, 31 de julho de 2008

O CAMINHO DAS BORBOLETAS AZUIS


Me dê sua mão,
sem medo,
seguiremos as borboletas azuis,
que sobem as montanhas,
pousam no verde da serra,
enfeitando toda a terra!
Subamos pelos caminhos verdes,
musgos, líquens, flores sutis,
miosótis gentis...
As sombras das árvores
me fazem bem
e as borboletas encantam...
Sigamos pelo caminho lindo,
sigamos as borboletas,
até seus esconderijos,
meio à natureza....
Borboletas azuis,
azuis da cor do céu,
enfeitadas,
bordadas,
voando ao léu!
essas maravilhas,
pequenos tesouros de Deus,
vê-las , assim, voando,
penso nos sonhos meus!

Um comentário:

(En) Canto da poesia disse...

Navegando pela Internet, deparo-me com este belissimo Blog. Viajei nele, parabéns! Estou estreando aqui, gostaria de receber sua visita. Abraços, Milla